O SEU BLOG DE COMÉRCIO EXTERIOR

RETORNAR AO SITE

RETORNAR AO BLOG

Please reload

RECENTES

Importação de Máquinas e Equipamentos - Redução no Imposto

August 22, 2017

1/6
Please reload

EM DESTAQUE

A inesquecível experiência de uma semana pela China

30/05/2017

Há alguns anos atrás, era impensável viajar a negócios para a China. País relativamente fechado, altos custos de passagem aérea, dificuldades no idioma e total falta de conhecimento sobre o que encontrar lá. Hoje o cenário é bem diferente. A China continua crescendo a um ritmo superior a 5% ao ano (alguns anos, próximo a 10%) e tem a necessidade de escoar sua produção. Por isto, nada melhor que tratar bem o comprador estrangeiro. Os custos de passagem aérea diminuíram bastante e cada vez encontramos mais chineses capazes de se comunicar em inglês. O único ponto que não mudou foi a distância. Assim, preparem seus livros e iPods, porque as horas desde a partida do Brasil até fazer check-in no hotel chinês parecem intermináveis!

 

Guangzhou, região de Cantão

 

Aos que buscam oportunidades de importar, e querem ter uma visão ampla do que o país oferece, nós sempre recomendamos a visita a feira Canton Fair, em Guangzhou, região de Cantão. Cidade grande, com aproximadamente 14 milhões de habitantes. E não por ser grande, que deve ser desorganizada. Logo na chegada o tamanho e o alto nível de organização no aeroporto impressionam.

 

Depois dos procedimentos de imigração, trafegamos por estradas amplas, bem conservadas e sinalizadas por aproximadamente 60 min até a região central de Guangzhou. Mesmo que exaustos, agora não é hora de dar aquela cochilada. Facilmente poderíamos dormir horas e assim demorar muito mais tempo para nos adaptar ao novo fuso horário.

 

 

Escolha da acomodação

 

Existe uma ampla variedade de hotéis na cidade, para todos os gostos e para todos os bolsos. Recomendamos sempre optar por hotéis indicados pelos organizadores da Canton Fair, que ofereçam comida ocidental e que tenham funcionários que falem inglês. Pode parecer simples atender a estes 03 requisitos, mas normalmente estrangeiros pagam muito mais caro que os chineses para ter estas “comodidades”. E estas “comodidades” são essenciais para aproveitar bem o período na China.

 

Canton Fair

 

Dia seguinte é dia de feira. Tomar um café da manhã bem reforçado (não sabemos quando iremos comer de novo) e ir em ônibus ou metrô para o Pazhou Complex. Detalhe importante é fazer o crachá da feira no dia anterior. A chegada na Canton Fair sempre impressiona. Quem já esteve em feiras de grande porte na Europa ou Estados Unidos, ainda se impressiona muito com os 16 pavilhões da Canton Fair. Por isto, a ideia de dar uma passadinha em todos os stands da feira é impossível de ser realizada. Aqui você encontra uma ampla variedade de produtos e fornecedores, e novas tecnologias que nem sequer conhecemos no Brasil.

 

Calçado e roupa confortável, boa disposição e foco em uma pequena lista de produtos de interesse (repetimos, não é possível ver tudo na feira) são essenciais para colher bons resultados. Como são muitos stands, muitos chineses e muitos produtos, é também muito importante fotografar e anotar. Tentar levar alguma amostra ou aproveitar para agendar visita a fábricas chinesas durante o período no país também são boas indicações.

 

 

E depois da feira?

 

No final de cada dia, a chegada no hotel normalmente é um alívio. A partir das 18h já é comum encontrar restaurantes servindo janta. Muitos restaurantes fecham 21h. Se chegar depois das 20h30, há grandes chances que não permitam você entrar. Por isto, apesar de cansados, é importante agilidade para não passar fome. Uma opção é interessante é comer próximo a Beijing Road e aproveitar para passear nas várias lojas. Aqui encontra-se de tudo... lojas oficiais da Apple, Nike, Rolex e um paraíso para eletrônicos (drones, brinquedos, robôs, celulares, etc) e imitações. Nas lojas de rua vale a pena utilizar as mímicas para pechinchar nos preços. Se lhe oferecem algo por 200 Yuans, saiba que o preço é menos de 100 Yuans. Só não pode confundir negócios nas lojas de rua com negócios na Canton Fair. O produtor chinês normalmente já trabalha com margens reduzidas e, se pechinchar muito no preço, há riscos de comprometer a qualidade do produto. Mas isto é um assunto de outro post...

 

 

A feira dura 05 dias. No último dia os stands estão oficialmente abertos apenas até as 12h. Salvo que tenha-se algo muito importante a fazer na feira, não recomendamos ir neste dia. Alguns stands fecham antes do horário e o tempo perdido em deslocamentos não compensa o curto período apenas matinal de feira. Como durante todos os dias, o tempo livre é muito limitado, o último dia pode ser interessante para conhecer um pouco da cultura local.

 

 

 

Quem foi, não se arrepende

 

Por mais cansativo que possa ser a viagem, ainda não encontramos ninguém que já tenha ido a China e que tenha voltado sem fazer negócios com o país. Exige certo esforço em avaliar bem os produtos, estabelecer alianças com empresas confiáveis e em estruturar bem as operações porta a porta, mas sem dúvida a China continua oferecendo grandes oportunidades. 

 

Pensando em viajar? Se seu interesse é apenas passear, podemos recomendar alguma agência de viagens de confiança. Mas, se o interesse é conhecer um pouco do país e fazer negócios, fale com a gente. A China pode ser uma ótima opção de destino!

Please reload

SIGA-NOS